>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Saúde bucal e nutrição evitam doenças

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 07/06/2016 00:00

Ter uma boca saudável traz benefícios não só para a mastigação e estética, mas também contribui na preservação da saúde geral. Doenças infecciosas da boca podem ser a causa, ou agravante, de outros problemas. Uma higiene bucal inadequada resulta em bactérias e resíduos alimentares, que podem ser aspirados e causar pneumonias aspirativas, principalmente em pessoas mais debilitadas e em idosos.

Alguns cuidados simples, como prestar atenção à saúde bucal e ter uma alimentação saudável podem evitar doenças graves. Para fazer a higienização da boca e dos dentes é importante primeiro, ter uma escova dental (adequada para sua necessidade), creme dental com flúor e fio dental. Diminuir o consumo de açúcar também ajuda a evitar cáries e o crescimento de fungos e bactérias.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

A escovação adequada começa na escolha da escova, que precisa ter cerdas macias. Depois desse passo, a escova dental deve ser posicionada entre o dente e a gengiva, seguida de movimentos vibratórios ou circulares. Para remover toda a placa, esse procedimento precisa ser feito em um dente de cada vez e só depois em toda a superfície. Após a escovação, é hora de usar o fio dental, com movimentos na vertical e horizontal para garantir a eliminação da placa.

Higienize diariamente também a língua com espátulas, que podem ser encontradas em farmácia, ou limpadores já existente no mercado ou próprios da escova de dentes. No caso de bebês e pessoas que não possuem dentição, idosos, por exemplo, é necessário higienizar com um pedaço de algodão ou gaze umedecida em água. Nesses casos, a limpeza é feita depois de cada refeição e principalmente antes de dormir.

Saúde bucal é uma preocupação para todas as idades. É importante ficar sempre atento a possíveis alterações na boca, como feridas, caroços ou manchas. Esses sinais podem indicar uma doença bucal ou algum desequilíbrio no organismo. Além das visitas de rotina ao dentista, sempre que notar algo diferente consulte um médico ou dentista para uma avaliação especializada.

Referências:

Governo do Estado de São Paulo Secretaria da Saúde

Abrir