>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Psicoterapia ajuda no tratamento de bulimia

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 11/09/2014 13:55

Bulimia é um distúrbio no qual há episódios recorrentes e incontroláveis de ingestão de grandes quantidades de alimentos, geralmente com alto teor calórico. Para evitar o ganho de peso, a pessoa utiliza vários métodos para que o corpo não absorva as calorias, como indução de vômitos, uso de laxantes e diuréticos, jejum prolongado e prática exaustiva de atividade física.

Mais comum entre o sexo feminino, o distúrbio afeta principalmente mulheres na adolescência e jovens adultas. A pessoa com bulimia geralmente sabe que seu padrão de alimentação é anormal e pode sentir medo ou ter sentimento de culpa. As causas podem ser predisposição genética, pressão social e valorização da magreza como ideal de beleza.

Os sintomas de bulimia podem incluir a prática de exercícios de forma compulsiva, ingestão de grandes quantidades de alimentos, uso de laxantes, comprimidos para perda de peso, medicamentos que provocam vômito e diuréticos e ida regular ao banheiro após as refeições.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Quem sofre de bulimia geralmente tem peso normal, mas se enxerga com excesso de peso. Desta forma, é muito difícil que outras pessoas notem esse distúrbio alimentar no indivíduo pela aparência.

A abordagem multidisciplinar é a mais adequada no tratamento da bulimia nervosa, e inclui psicoterapia individual ou em grupo, farmacoterapia e abordagem nutricional em nível ambulatorial. As técnicas cognitivo-comportamentais e as medicações antidepressivas têm se mostrado eficazes no controle dos episódios bulímicos.

Referências

http://www.minhavida.com.br/saude/temas/bulimia

http://drauziovarella.com.br/mulher-2/bulimia-nervosa/

http://www.abcdasaude.com.br/psiquiatria/bulimia

Abrir