>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Intolerância à lactose

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 06/10/2014 18:12

A intolerância à lactose é à incapacidade parcial ou total de digerir o açúcar existente no leite e alimentos derivados.

Essa incapacidade de digestão geralmente acontece em pessoas que não produzem a enzima digestiva chamada lactase, ou a produzem em quantidade insuficiente. A função dessa enzima é quebrar e decompor a lactose, ou seja, o açúcar do leite.

Existem três tipos de intolerância à lactose:

Intolerância à lactose primária: é o tipo mais comum e é aquela em que há a diminuição natural e progressiva na produção de lactase a partir da adolescência e até o fim da vida;

Intolerância à lactose secundaria: é aquela em que a produção de lactase é afetada por doenças intestinais, como por exemplo, diarreias, síndrome do intestino irritável, doença de Crohn, doença celíaca, ou alergia à proteína do leite. Nesses casos, a intolerância pode ser temporária e acabar desaparecendo com o controle da doença.

Intolerância à lactose congênita: é a forma mais rara e, por um problema genético, a criança já nasce sem condições de produzir lactase.

Os sintomas da intolerância à lactose estão presentes no sistema digestório e são: cólicas, diarreia, distensão abdominal, flatulência (excesso de gases), náuseas, ardor anal e assaduras. Eles costumam aparecer minutos ou horas depois da ingestão de leite e de seus derivados (queijos, manteiga, leite condensado, etc) ou alimentos que contenham leite na composição (sorvetes, cremes, bolos, pudins, entre outros).

O indivíduo que tem intolerância precisa evitar o consumo desses produtos lácteos, pois os sintomas costumam melhorar assim que é feita a suspensão deles.


Referências:
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/intolerancia-a-lactose
http://drauziovarella.com.br/letras/l/intolerancia-a-lactose/
http://www.semlactose.com/index.php/sobre-intolerancia-lactose/