>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • O tempo seco afeta a respiração

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 31/08/2015 16:23

Comum no inverno, o clima seco se caracteriza pela baixa umidade do ar e pode provocar vários danos à saúde. O ressecamento das mucosas – o tecido que protege as vias respiratórias – deixa o corpo mais suscetível à entrada de bactérias e vírus e aumenta o contato com a poluição.

É por isso que, entre as principais consequências desse clima, estão os problemas alérgicos e respiratórios, principalmente entre crianças, idosos e pessoas que já sofrem com sinusite, rinite, asma ou doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Não é à toa que, nesse período, o número de internações hospitalares aumenta.
Alguns dos desconfortos que podem ser sentidos incluem:

  • Ardência na garganta;
  • Dificuldades para engolir;
  • Tosse seca ou com catarro mais espesso;
  • Chiado no peito;
  • Sangramento pelo nariz e;
  • Falta de ar.


Em caso de crise, não hesite em procurar um médico.

Dicas para melhorar a respiração com o tempo seco

Para ajudar a aliviar esses sintomas, especialistas costumam recomendar as seguintes medidas:

  • Hidrate-se – beba muita água mineral (dois litros por dia), sucos de frutas ou água de coco;
  • Umedeça o ambiente – use umidificadores de ar/ vaporizadores ou coloque uma vasilha com água ou toalha molhada no lugar onde irá dormir;
  • Evite ar-condicionado – o aparelho resseca o ambiente;
  • Lave o nariz – aplique soro fisiológico algumas vezes ao dia;
  • Modere nas atividades físicas – o tempo seco diminui a capacidade do corpo para a prática de atividades que exigem mais esforço, como corrida. Modere a intensidade e evite fazer exercícios ao ar livre entre 10h e 16h (quando o ar está menos úmido);
  • Alimente-se corretamente – opte por comidas frescas e produzidas o mais próximo possível do horário de consumo. Substitua frituras por alimentos assados;
  • Mantenha a casa limpa e arejada – o acúmulo de poeira costuma potencializar problemas alérgicos e respiratórios.



Referências
http://www.einstein.br/blog/paginas/post.aspx?post=759
http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia2.php?id=241800
http://www.blog.saude.gov.br/promocao-da-saude/30942-especialistas-ensinam-a-amenizar-impactos-do-tempo-seco
http://www.abcdasaude.com.br/pneumologia/rinite-doencas-respiratorias-com-tempo-seco