>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Novo medicamento auxilia na quimioterapia

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 11/12/2015 16:38

Um medicamento de produção inédita no Brasil vai ser capaz de melhorar a imunidade de pacientes que fazem quimioterapia. A nova droga é a Fiprima (filgrastim), que já foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ela deve chegar ao mercado no início de 2016 e será distribuída gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Resultado de dez anos de pesquisa e desenvolvimento, este é o primeiro medicamento biossimilar da América Latina e considerado um marco para o segmento farmacêutico no país.

Organismo vivo

Biossimilares são versões fiéis de medicamentos biológicos que tiveram sua patente original expirada. São produzidos a partir de um organismo vivo (células de bactérias, por exemplo) e não apenas por meio da manipulação química de substâncias em laboratório.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Por serem feitos com materiais biológicos, o desenvolvimento dos remédios biossimilares envolve tecnologias mais caras e complexas do que os remédios sintéticos tradicionais. Prova disso é que existem apenas 20 biossimilares registrados em todo o mundo, incluindo o produto brasileiro.

Mecanismo de ação

O Fiprima, que foi desenvolvido pelo laboratório Eurofarma, age aumentando o número de neutrófilos (glóbulos brancos que ajudam no combate às infecções) em pacientes cujo sistema imunológico está comprometido pela realização da quimioterapia ou transplante de medula óssea.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), mais de 12 milhões de pessoas são diagnosticadas com câncer em todo o mundo a cada ano. Apenas no Brasil, o Inca estima 580 mil novos casos em 2015. Com a produção própria, o Ministério da Saúde espera economizar R$ 9,3 milhões por cinco anos.

Referências

Inca.gov.br/brasil_cria_medicamentos_contra_efeitos_colaterais_do_tratamento_de_cancer

http://www.finep.gov.br/noticias/todas-noticias/5138-finep-financia-desenvolvimento-de-remedio-contra-efeito-de-quimioterapia-inedito-no-pais

Abrir