>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • 14 de junho: Dia Mundial do doador de sangue

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 14/06/2016 10:58

14 de junho: Dia Mundial do doador de sangue

Em menos de uma hora, quatro vidas podem ser salvas. Como? Com uma simples doação de sangue. Para estimular cada vez mais a doação voluntária de sangue, a Organização Mundial da Saúde (OMS) criou a data, celebrada em 14 de junho.

Segundo a OMS, o ideal é que pelo menos 3% da população de um país seja doador de sangue. Aqui no Brasil, esse número é de 1,8%. Por isso, algumas cidades enfrentam problemas com os estoques de sangue, principalmente, nos meses de junho e julho devido às férias escolares e à chegada do inverno.

Para despertar a atenção da população brasileira, neste ano, o Ministério da Saúde criou a campanha Junho Vermelho. O objetivo é fazer com que mais doadores procurem os postos e ajudem a salvar vidas. O sangue O negativo é o mais procurado e desejado pelos postos, porque ele é o doador universal e pode ser usado em casos de emergência.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

40 minutos para ajudar outras vidas

O processo de doação de sangue dura cerca de 40 minutos. Ao chegar ao local, o doador fará um cadastro e em seguida seus sinais vitais serão aferidos. Após essa etapa, ele passa por um teste de anemia, uma triagem clínica e por fim a doação de sangue. Um ato simples e de coragem que ajuda a salvar vidas.

Quem pode doar sangue

Os requisitos básicos para a doação são:

  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter entre 16 e 69 anos;
  • Pesar no mínimo 50kg;
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);
  • Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação.

Se você deseja ser um doador de sangue, procure um posto de saúde mais próximo de você!

Abrir