>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Proteja sua saúde do tempo seco

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 30/03/2017 15:28

Saúde e Bem-Estar 30. Mar. 2017

O tempo seco, típico dos períodos mais frios do ano, deixa as pessoas vulneráveis a vários problemas de saúde, como doenças respiratórias, complicações alérgicas, irritação nos olhos e ressecamento da pele. Porém, alguns cuidados simples podem ajudar a prevenir esses males.

Os principais pontos de atenção são as complicações respiratórias, especialmente entre idosos, crianças e pessoas que já têm esse tipo de problema. O ar seco, ou seja, com pouca umidade, pode ressecar a mucosa do nariz - que protege as vias aéreas de infecções - e desencadear doenças como asma, bronquite, sinusite e rinite, entre outras.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Por isso, uma das principais medidas de prevenção é a hidratação. Água, sucos naturais e água de coco são boas opções. Uma dica para que você não se descuide dos líquidos ao longo do dia é manter sempre uma garrafinha na bolsa ou mochila.

Aplicar soro fisiológico no nariz e nos olhos também ajuda a evitar os incômodos da baixa umidade. Caso seu nariz sangre como consequência do clima seco, procure estancar o sangramento com um algodão, papel higiênico macio ou lenço de papel. Se isso não resolver, procure atendimento médico.

Além disso, nessa época do ano, evite fazer atividades físicas ao ar livre das 10h às 16h. No período de incidência solar mais forte, a umidade do ar fica ainda mais baixa, aumentando as chances de problemas.

Uso de umidificadores

Os umidificadores ou vaporizadores são aparelhos que soltam vapor de água para aumentar a umidade de ambientes fechados. Embora também sejam úteis para amenizar os prejuízos à saúde causados pelo ressecamento do ar, eles devem ser usados com cautela. Esse tipo de aparelho pode ocasionar algumas doenças caso não esteja devidamente limpo ou se os níveis de umidade ficarem muito altos. Os riscos são ainda maiores para quem tem alergia ou asma e, nesses casos, é indicado consultar um médico sobre o uso do aparelho.

Fonte: Conteúdo de parceiro Qualicorp

Abrir