>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Pilates na gestação pode ajudar no parto

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 08/08/2017 13:51

Os exercícios de pilates na gestação deixam os músculos mais firmes e fortes, o que alivia as dores nas costas causadas pelo peso da barriga e ajuda no posicionamento do bebê para a hora do parto. Mas os benefícios do pilates não param por aí, pois ele faz com que a futura mamãe tenha mais consciência e domínio sobre o seu corpo, mesmo com a barriga crescendo a cada dia.

Benefícios do pilates na gestação

Postura, equilíbrio e força - os exercícios feitos durante uma aula de pilates fortalecem os músculos do abdômen e o conjunto de músculos entre o púbis e o cóccix - que sustentam a bexiga e os órgãos reprodutores. Juntos, eles são responsáveis por manter o centro de equilíbrio do corpo, mas podem se enfraquecer conforme a gravidez avança.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Dor nas costas - ao fortalecer os músculos que sustentam a barriga e acomodam o bebê dentro do corpo da gestante, as dores nas costas também diminuem.

Flexibilidade - movimentar-se com uma barriga que fica maior a cada dia é um desafio que o pilates na gestação também pode ajudar a vencer. Como a flexibilidade é muito trabalhada nos exercícios, a gestante consegue se mexer com mais facilidade.

Respiração - durante as aulas de pilates, a gestante também aprende a coordenar a respiração com os exercícios. Ter este tipo controle é importante para amenizar as dores das contrações antes do parto.

Posicionamento do bebê na hora do parto - no final da gestação, algumas exercícios que a gestante faz na aula de pilates podem ajudar a colocar o bebê na melhor posição para o parto natural.

Quais cuidados são necessários antes de começar o pilates na gestação?

Antes de começar as aulas, é importante que a gestante confirme com o médico se pode praticar exercícios físicos. Entretanto, mesmo se for liberada pelo especialista e fizer os exercícios da aula com cuidado, ela deve parar imediatamente e procurar ajuda médica o mais rápido possível se tiver os seguintes problemas: náusea, tontura, falta de ar ou algum tipo de corrimento vaginal.

Fonte: Conteúdo de parceiro Qualicorp

Abrir