>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Saiba quais são os riscos da gravidez depois dos 35 anos

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 17/08/2017 00:00

Saúde e Bem-Estar 17. Ago. 2017

Diminuição da fertilidade, mais chances de ter diabetes gestacional, pressão alta ou sofrer um aborto – estes são alguns dos riscos da gravidez depois dos 35 anos. Então, se você está pensando em engravidar mais tarde por conta da sua carreira, por exemplo, é importante avaliar muito bem como isso pode afetar você e o seu bebê.

Para começar, a fertilidade depois dos 35 anos é menor. Isso porque, ao atingir os 30 anos, a qualidade dos óvulos começa a diminuir e eles não são mais fertilizados com tanta facilidade quanto em uma mulher mais jovem. A quantidade deles também diminui, assim como a frequência da ovulação, mesmo que o ciclo menstrual continue regular.

Por outro lado, engravidando depois dos 35 anos, suas chances de ter gêmeos aumentam devido a mudanças hormonais e também se você recorrer a tratamentos para fertilidade. Pois, tudo isto pode fazer com que mais óvulos sejam liberados ao mesmo tempo.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

O risco de desenvolver diabetes gestacional também é maior, uma vez que o problema fica mais frequente com a idade. Se não for tratada, a diabetes gestacional aumenta a possibilidade de nascimento prematuro e pressão alta. Também pode fazer o bebê crescer demais e ficar sujeito a lesões durante o parto e a complicações futuras.

Também é maior o risco de você ter hipertensão arterial na gravidez e de você sofrer um aborto. Então, vai ser necessário um número maior de consultas com o seu médico para ele monitorar, com mais frequência, suas condições e o desenvolvimento do seu bebê.

Além disso, há mais chances de o bebê ter alguma de anormalidade cromossômica, como a síndrome de Down. Ou, ainda, de ele nascer prematuro, o que pode causar uma série de complicações e exigir cuidados especiais, mesmo depois que o bebê for para casa.

Como diminuir os riscos da gravidez depois dos 35 anos?

Check-up - antes de engravidar, converse com o seu médico sobre o que fazer para ter uma gravidez saudável. E faça os exames necessários para descobrir se você tem algum problema de saúde que possa afetar o bebê quando você ficar grávida ou até colocar a vida de vocês dois em risco.

Acompanhamento pré-natal – você deve fazer vários exames durante a sua gravidez para ver como está a sua saúde e acompanhar o desenvolvimento do bebê. Assim, é possível detectar problemas que podem prejudicar o feto e até detectar malformações.

Dieta saudável – é indispensável ter uma alimentação equilibrada durante a gravidez, com frutas, verduras, legumes, cereais e carnes magras. Restrinja sal, açúcar e gordura. Desta forma, além dos benefícios para si própria, você consegue fornecer para o bebê os nutrientes necessários para que ele se desenvolva corretamente.

Peso e exercício físico - controlar o ganho de peso e praticar exercícios é importante para evitar a diabetes gestacional, controlar a pressão e aliviar os desconfortos da gravidez. Além disso, também ajuda você a se preparar para o trabalho de parto.

Álcool cigarro e drogas ilícitas – tudo isto pode colocar não só a sua saúde em risco como prejudicar o desenvolvimento do feto, causar malformações nele e também problemas neurológicos.

Fonte: Conteúdo de parceiro Qualicorp

Abrir