>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • 8 alimentos para comer hoje e desinchar amanhã

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 05/09/2017 15:19

Sabe quando estômago fica pesado, a calça parece estar mais apertada e até a respiração fica um pouco diferente? Esse conjunto de sensações incômodas também é conhecido como inchaço. E esse problema pode ser ocasionado por maus hábitos alimentares.

Um dos principais causadores do inchaço temporário são os alimentos ricos em sódio, portanto se você está querendo fugir desse incômodo é essencial deixar de consumir embutidos (salame, mortadela, presunto), queijos amarelos, enlatados e preparações temperadas excessivamente com sal.

Além disso, esse problema pode ocorrer em consequência da retenção de líquidos, provocada pelo acúmulo excessivo de água no organismo, o que leva ao inchaço principalmente na barriga, pés, mãos, coxas, tornozelos e mamas. Contudo, a rapidez nos resultados poderão depender de cada organismo, por isso é importante manter uma alimentação saudável diariamente.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Para combater o problema, existem alguns alimentos que podem ajudar você a desinchar no dia seguinte. Confira:

1. Melancia e melão

A melancia e o melão possuem uma fama -injusta- de serem indigestos, contudo isso apenas irá depender do organismo de cada indivíduo. Na verdade, a digestão da melancia é fácil, já que ela é composta basicamente por água. Ambas as frutas são ricas em fibras e água, ajudando a desinchar o corpo e também limpar nosso organismo.

"A melancia e o melão pertencem à mesma família, das cucurbitáceas. Popularmente, são conhecidas por seus efeitos diuréticos e, por isso, teoricamente ajudariam na eliminação de líquidos", comentou a nutricionista, Mariana Maciel.

De acordo com a nutricionista, as duas frutas são riquíssimas em água e, uma vez que se aumente hidratação do indivíduo, aumenta-se também a sua excreção e o bom funcionamento dos rins.

2. Iogurte

Além de delicioso, o iogurte possui diversos benefícios para saúde. Sendo rico em probióticos, esse alimento ajuda a melhorar o funcionamento do intestino. O consumo regular desse alimento, poderá diminuir as chances de sofrer de prisão de ventre e outras complicações decorrentes da digestão.

"O controle da função intestinal passa pelo equilíbrio das bactérias que nele habitam. O desequilíbrio delas é chamado disbiose e leva a alterações imunológicas e inflamatórias que geram sintomas relacionados ao trânsito intestinal (diarreia ou constipação), dor abdominal e flatulência", disse a Dra. Mariana Maciel

"Ao consumir alimentos fontes de probióticos estamos contribuindo para o equilíbrio dessas bactérias e diminuição desse quadro de disbiose. Assim, pode-se notar melhoria do trânsito intestinal e diminuição da distensão abdominal", afirma a nutricionista.

3. Gengibre

O gengibre apresenta vários benefícios terapêuticos: tem ação bactericida, é desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório. Além disso, é muito conhecido por sua ação termogênica, que pode ser capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.

"O gengibre é mais reconhecido pelos seus efeitos anti-inflamatórios e digestivos. Por isso, pode ajudar a diminuir a percepção de "estômago estufado". Com o uso crônico, pode ajudar a diminuir o inchaço provocado pelas reações inflamatórias", revelou a nutricionista Mariana Maciel.

4. Pimenta

Adicionar determinados temperos nas comidas, além de torná-las mais saborosas ainda pode contribuir para a perda de peso. As pimentas proporcionam muitas vantagens para nosso organismo porque possuem atividades antimicrobiana, anti-inflamatória, anticancerígena, melhoram a digestão e diminuem os níveis de colesterol. Por terem efeito termogênico, ou seja, acelerarem o metabolismo, as pimentas também ajudam no emagrecimento.

"A pimenta vermelha é rica em capsaicina, um composto bioativo que tem ação anti-inflamatória, capaz de reduzir o inchaço provocado pelas reações inflamatórias do organismo", disse a nutricionista.

5. Chá de hibisco

Apostar nessa bebida é uma excelente escolha. O chá de hibisco conta com diversas substâncias antioxidantes, como os flavonoides, especialmente as antocianinas, que contribuem para evitar o acúmulo de gorduras. Segundo especialistas, beber chá de hibisco após as refeições vai ajudar a reduzir a absorção de carboidratos, o que gradualmente levará à perda de peso.

"É rico em compostos bioativos antioxidantes, vitamina C, tem propriedades diuréticas e levemente laxativa, podendo ajudar a diminuir a sensação de inchaço", revelou Mariana Maciel.

6. Mamão

O mamão é um alimento rico em fibras e vitaminas que auxiliam no funcionamento do intestino, melhorando o trânsito intestinal. De acordo com a nutricionista, a fruta também contém papaína, uma enzima que digere proteínas, podendo ajudar, no processo digestivo e consequentemente no bom trânsito gastrointestinal, além de possuir efeito anti-inflamatório

7. Água

Consumir água de forma regular durante o dia ajuda o corpo a funcionar melhor e previne problemas de saúde. Ao contrário do que muitos acreditam, quando temos aquela sensação de inchaço é ainda mais importante manter-se hidratado, isso porque a água irá estimular a ação diurética reduzindo o problema.

"A água pode ajudar no bom funcionamento dos rins, aumentando a eliminação de líquidos e toxinas. Além disso, é fundamental para a boa hidratação do bolo fecal, interagindo com as fibras e tornando-o mais macio, volumoso e auxiliando no peristaltismo (movimento natural do intestino)", comentou a nutricionista Mariana Maciel.

8. Farelo de aveia

O farelo de aveia é um alimento riquíssimo em fibras, capaz então de promover maior sensação de saciedade, regular o trânsito intestinal e auxiliar na digestão e absorção de nutrientes.

"O farelo de aveia é rico em betaglucanas, fundamental para o trânsito intestinal e com propriedades estimulantes dos sistema imunológico e anti-inflamatório potente", afirma Mariana.

Fonte: Site Minha Vida

Abrir