>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Dia Mundial de Luta Contra a Aids

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 01/12/2017 08:45
Doenças e Tratamento 01. Dez. 2017

O número de pessoas diagnosticadas com HIV aumentou 18% entre 2012 e 2016 no Brasil, segundo levantamento do Ministério da Saúde. No mundo, estima-se que 36,7 milhões de pessoas vivam com o vírus da imunodeficiência humana. O que torna ainda mais importante mobilizar a sociedade, combater o preconceito e melhorar a educação - que são os objetivos do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, que acontece em 1º de dezembro. Continue a leitura e saiba mais sobre esta data.

Quando surgiu o Dia Mundial de Luta Contra a Aids?

A Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (em inglês, Acquired Immunodeficiency Syndrome - Aids) surgiu em torno de 1920, na República Democrática do Congo, na África, e poucos casos foram documentados na época. Até o fim da década de 1970, o HIV era pouco conhecido e foi em 1980 que se espalhou para outros continentes.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

A descoberta do que causa a síndrome, o vírus HIV, aconteceu um pouco depois, em 1984 e foi quando ocorreu o auge da doença. Em 1988, a Organização Mundial da Saúde instituiu o Dia Mundial de Luta Contra a Aids com o objetivo de conscientizar a população sobre a doença.

Por que o Dia Mundial de Luta Contra a Aids é importante?

Hoje, muitos avanços científicos foram feitos e há leis que protegem as pessoas que vivem com o HIV. Porém, a estimativa do Ministério da Saúde é que, em 2016, aproximadamente 830 mil pessoas viviam com HIV no País. Mas, apesar dos avanços, ainda hoje muitas pessoas não sabem como se proteger e a discriminação continua sendo uma realidade.

Por isto que a data é importante - para lembrar que o HIV não desapareceu e ainda há uma grande necessidade de aumentar a conscientização e combater o preconceito. Além disso, a mobilização gerada pelo Dia Mundial de Luta Contra a Aids levou à criação da campanha Dezembro Vermelho.

Instituída no Brasil a partir de 2017, a campanha foca na prevenção, assistência e proteção dos direitos humanos das pessoas que vivem com HIV, vírus que causa a Aids. Ao longo do mês de dezembro, são realizadas diversas atividades e mobilizações sobre a doença.

Como o HIV é transmitido?

  • Sexo vaginal sem camisinha;

  • Sexo anal sem camisinha;

  • Sexo oral sem camisinha;

  • Compartilhamento de seringas contaminadas previamente com sangue infectado;

  • Transfusão de sangue contaminado;

  • Da mãe infectada para seu filho durante a gravidez, no parto e na amamentação;

  • Instrumentos que furam ou cortam, previamente contaminados, e não esterilizados.

Como prevenir o contágio do HIV?

A forma mais segura de prevenção é fazer sexo sempre com uso de preservativos. Em caso de ferimentos ou agressões sexuais, existem os tratamentos profiláticos pós-exposição, que reduzem os riscos de contaminação pelo HIV.

Evitar (e/ou manusear com segurança, nos casos dos profissionais da área de saúde) materiais que furam ou cortam que entraram em contato com sangue contaminado.

Fonte: parceiro Qualicorp

Abrir