>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Qualidade de vida e tensão pré-menstrual - TPM

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 13/03/2018 17:34

Saúde e Bem-Estar 13. Mar. 2017

A Síndrome de Tensão Pré-Menstrual, popularmente conhecida como TPM, é um conjunto de sintomas físicos e comportamentais que acontecem na segunda metade do ciclo menstrual. Eles podem ser graves e interferir bastante na vida da mulher. Por isto, continue a leitura para conhecer os sintomas e saber como é possível minimizá-los.

Uma das principais causas da TPM, síndrome que acomete três em cada quatro mulheres - principalmente entre 20 e 40 anos de idade - é um desequilíbrio hormonal durante o período que antecede a menstruação. Nessa fase, os níveis de hormônios como o estrógeno causam desagradáveis sintomas, tais como:

  • Tensão e ansiedade;

  • Depressão;

  • Crise de choro;

  • Raiva e irritabilidade;

  • Mudanças bruscas de apetite;

  • Fadiga;

  • Dores de cabeça;

  • Palpitações e tonturas;

  • Constipação ou diarreia.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

É possível controlar os sintomas da TPM

O tratamento depende da gravidade dos sintomas e incluem mudanças nos hábitos alimentares e comportamentais. O tratamento também pode incluir medicamentos que ajudam a reduzir ou controlar os sinais e sintomas da síndrome pré-menstrual.

Alimentação balanceada - é fundamental para ajudar a minimizar os sintomas da TPM e melhorar a qualidade de vida da mulher. Neste sentido, é importante diminuir a ingestão de gordura, sal, açúcar, álcool e bebidas com cafeína, como café, chá e bebidas à base de cola. Já os alimentos ricos em cálcio (leite, iogurte) e magnésio (espinafre) são importantes aliados para reduzir os desconfortos causados pela tensão pré-menstrual.

Outras medidas que ajudam a atenuar os desconfortos:

  • Fazer exercícios com regularidade;

  • Reorganizar a carga de trabalho para reduzir o estresse;

  • Manter um sono regular;

  • Garantir momentos de relaxamento.

Na maioria dos casos, os incômodos da tensão pré-menstrual tendem a melhorar com essas mudanças nos hábitos diários. Em outros, o mais indicado é fazer o uso de medicamentos. Em qualquer hipótese, nunca faça a automedicação. Se tiver dúvidas, procure um médico. Ele poderá avaliar se caso e indicar o melhor tratamento para minimizar os sintomas causados pela tensão pré-Menstrual.

Fonte: parceiro Qualicorp.

Abrir