>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • 7 benefícios da atividade física para mulheres

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 22/03/2018 13:56

Dr. Kalil Explica 22. Mar. 2018

É importante saber que a atividade física melhora a saúde como um todo. Os benefícios vão desde a redução do risco de morte até a diminuição dos sintomas da depressão. Também ajuda na autoestima da mulher, que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), também faz parte do conceito de uma boa saúde. Veja os benefícios e as vantagens de fazer exercícios regularmente para melhorar a qualidade de vida.

1. Mulheres com mais de 65 anos ficam ainda mais protegidas contra doenças cardíacas

Erra quem pensa que só as mulheres jovens têm benefícios ao praticar atividade física. Um estudo publicado no The American Journal of Geriatric Cardiology mostrou que mulheres com mais de 65 anos também têm menor chance de desenvolver problemas cardíacos se praticarem exercícios com regularidade.

2. Reduz em até 35% o risco relativo de morte

A atividade física é capaz de aumentar a expectativa de vida. Indiretamente, ela pode reduzir em até 35% o risco relativo de morte em mulheres, de acordo com um estudo publicado no periódico British Journal of Pharmacology. A pesquisa mostra que exercitar-se pode funcionar como um medicamento, mas, assim como os remédios, é preciso uma dose certa. O estudo mostrou que, para reduzir problemas cardiovasculares, é necessário no mínimo 90 minutos de exercícios moderados por semana.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

3. Alivia os sintomas da menopausa

Um estudo publicado no periódico científico Maturitas mostrou que a falta de atividade física não deixa apenas a saúde feminina em risco durante a menopausa, mas também pode aumentar os problemas. A pesquisa apontou que o exercício físico é importante para diminuir os sintomas indesejáveis dessa fase da vida e que pode ser considerada como uma forma de terapia. Praticar alguma atividade física diariamente, portanto, é recomendado por médicos e faz um bem enorme à saúde da mulher.

4. Melhora a qualidade de vida depois do tratamento contra câncer de mama

Exercitar-se com regularidade após o tratamento contra câncer de mama melhora a função cardiorrespiratória e a força muscular, de acordo com um estudo publicado no Dove Press. O trabalho também mostra que a atividade física é capaz de reverter os efeitos colaterais negativos causados pelo tratamento.

5. Reduz o risco de câncer de cólon

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), estima-se que 18.980 mulheres terão câncer de cólon em 2018 no Brasil. A boa notícia é que a atividade física regular também pode reduzir em até 50% o risco de desenvolver a doença, conforme publicação no Iranian Journal of Public Health.

6. Ajuda a controlar a pressão arterial

Manter a pressão arterial sob controle é também um dos feitos da atividade física. Mulheres que praticam exercícios com regularidade se beneficiam com o controle da hipertensão, de acordo com estudo publicado na Revista Brasileira de Medicina do Esporte. Além disso, a atividade física também pode reduzir a chance de ter problemas coronarianos.

7. Colabora para diminuir os sintomas da depressão

Os sintomas da depressão podem ser minimizados por meio de exercícios simples, como a caminhada. Um estudo publicado no Primary Care Companion do The Journal of Clinical Psychiatry mostrou que mulheres que caminharam de 20 a 40 minutos, três vezes por semana durante seis semanas mostraram uma redução nos sintomas depressivos em comparação ao grupo de mulheres que continuaram sedentárias. Ou seja, a atividade física pode ser uma aliada no combate à depressão.

Revisão técnica

  • Prof. Dr. Max Grinberg
  • Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
  • Autor do blog Bioamigo

Fonte: site Coração e Vida, produzido com a curadoria do cardiologista Dr. Roberto Kalil Filho.

Abrir