>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Fique longe da gripe

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 17/04/2018 10:10
Doenças e Tratamento 17. Abr. 2017

A gripe pode parecer uma doença simples que, no máximo, a pessoa fica de cama por alguns dias. Mas não é bem assim, ela pode ser muito mais séria. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, cerca de 3,5 milhões de pessoas são gravemente afetadas pela doença todos os anos. A gripe é uma patologia infecciosa causada por vírus altamente transmissível. Continue a leitura para saber mais sobre os sintomas da gripe e como preveni-la.

Sintomas da gripe

Os sintomas da gripe são muito semelhantes aos do resfriado ou de outras doenças infecciosas causadas por vírus e bactérias. Os primeiros sintomas da gripe geralmente são coriza, espirros e dores de garganta. A diferença entre as duas patologias é o tempo que levam para se desenvolver, enquanto os resfriados aparecem lentamente, a gripe tende a começar de repente.

Outros sintomas da gripe que podem surgir são febres acima dos 38ºC, calafrios e suores, dores de cabeça, tosse seca, fadiga, fraqueza, congestão nasal e dores musculares em locais como costas, braços e pernas.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Prevenindo a gripe

Por conta de sua facilidade de transmissão, a prevenção da gripe deve começar com medidas simples de higiene pessoal. Lavar as mãos várias vezes ao dia, cobrir nariz e boca ao tossir ou espirrar e não compartilhar objetos de uso pessoal podem ser muito úteis para você se manter longe desta doença.

Os vírus da gripe estão em constante mutação, com novas cepas surgindo regularmente. Isto faz com que o corpo produza anticorpos para o tipo específico de vírus dos quais a pessoa já foi infectada ou vacinada. Por este motivo, a imunologia contra a doença é muito importante.

Vacinação contra a gripe

O Ministério da Saúde realiza, anualmente, a campanha de vacinação para alguns grupos, como pessoas com 60 anos ou mais, crianças na faixa etária de seis meses a dois anos incompletos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, grupos portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais. Essas pessoas também podem se vacinar gratuitamente a qualquer momento nos postos de saúde.

Fonte: parceiro Qualicorp.

Abrir