>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Como fazer o autoexame das mamas corretamente?

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 08/10/2018 14:55

A mulher que faz o autoexame regularmente conhece a estrutura da própria mama e, no caso de alterações, pode ajudar a diagnosticar o câncer de mama. Se a doença for detectada no estágio inicial, as chances de cura são de 95%. Continue a leitura e saiba como fazer o autoexame das mamas.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Quando fazer o autoexame das mamas?

Mulheres na pré-menopausa devem examinar as mamas mensalmente, sete a dez dias depois do início do ciclo menstrual. Para mulheres em idade reprodutiva, é recomendado fazer o autoexame todo mês, uma semana depois do término da menstruação.

Não há indicação de um período específico para mulheres na pós-menopausa. Mas, definir uma data é bom para desenvolver uma rotina e fazer o autoexame todo mês. Além do autoexame, toda mulher a partir dos 50 anos deve fazer a mamografia a cada dois anos.

Passo a passo do autoexame das mamas

Veja cada etapa do autoexame das mamas e aprenda a fazer corretamente:

Observação das mamas - em pé ou sentada na frente do espelho, com os braços para baixo, você deve observar a aparência e o contorno das mamas. Verifique se há qualquer assimetria, ondulação na pele ou alteração no mamilo. Em seguida, observe as mamas com os braços levantados e depois com as mãos no quadril. Examine as mamas enquanto se curva para frente.

Palpação das mamas - em pé ou sentada na frente do espelho, toque, cuidadosamente, as mamas com as pontas dos dedos da mão oposta. O autoexame pode ser feito no banho, porque o sabão e água aumentam a sensibilidade. Depois, deite e palpe mais uma vez a mama e também a axila, com a ponta dos três dedos do meio com três níveis de pressão (leve, média e forte). A mama deve ser tocada com movimentos vai e vem perpendicular, em faixas verticais.

Se você encontrar alguma alteração, não significa que seja câncer de mama. Porém, procure o médico o mais rápido possível para que ele faça o diagnóstico e indique o melhor tratamento para você, se for o caso.

Fonte: parceiro Qualicorp.

Abrir