>

Qualicorp Apoia

Pesquisar Artigos

  • Dia do judoca

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 19/05/2017 18:45

Hoje, 19 de maio, é comemorado o dia do judoca. E a Qualicorp, uma das empresas patrocinadoras do Instituto Reação, ONG criada em 2003 pelo judoca e medalhista olímpico Flávio Canto, não poderia deixar essa data passar em branco.

A empresa é apoiadora do programa Reação Olímpico, que incentiva atletas de alto rendimento no judô. Por meio dele, diversas "promessas" do instituto, com idades até 15 anos, são beneficiadas e têm chances de seguirem treinando e buscando seus sonhos em competições nacionais e internacionais.

Conheça mais sobre os principais atletas juniores do Instituto Reação e vá se acostumando com esses nomes, que trazem e continuarão trazendo ótimos resultados para o judô brasileiro em campeonatos do mundo todo.


Anna Belém
Anna Belém começou a praticar o judô no Polo Cidade de Deus, do Instituto Reação, aos 7 anos de idade, quando passou a ter aulas com o Sensei Geraldo Bernardes. Hoje, aos 14, a jovem já se destaca no alto rendimento, tendo conquistado importantes títulos nacionais e internacionais, como o de Tricampeã Pan-americana, Bicampeã Brasileira e Campeã Sul-americana Escolar. Além disso, a atleta integra a Seleção Nacional de Base e está cursando o 8º ano do Ensino Fundamental. Seu sonhos é participar de uma olímpiada e conquistar uma medalha. Sua inspiração é a medalhista olímpica Rafaela Silva.

Beatriz Lopes
Beatriz começou a praticar o judô aos quatro anos. Filha de pai judoca, sempre foi apaixonada pelo esporte, e se encantou ainda mais quando foi apresentada ao Instituto Reação em 2008, onde permanece até hoje. O pai de Beatriz hoje integra o time de senseis do Instituto e a judoca faz parte da equipe de alto rendimento. Com 14 anos, é dedicada aos treinos e aos estudos, o que a ajudou a conseguir uma bolsa de estudos em uma escola particular. A atleta sonha em ser médica e conquistar uma medalha olímpica, tendo como inspiração a companheira de treino, Rafaela Silva.

Thauany Dias
A paulista Thauany começou no judô em sua cidade natal, aos quatro anos. Em 2015, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro para acompanhar o irmão, jogador de futebol, e logo se inscreveu no Instituto Reação para retomar os treinos. Com 13 anos, a judoca é bicampeã pan-americana, sonha em alcançar uma medalha olímpica e continuar praticando o Judô, como Maria Portela, sem quem se inspira.

Gabriel Falcão
Gabriel começou a treinar no Instituto Reação em 2014, em busca de um desempenho melhor no tatame. A família morava em Cachoeiras do Macacu (RJ), largou tudo e se mudou para Zona Oeste do Rio, próximo ao polo Cidade de Deus, para apoiar os sonhos do filho. Mesmo com apenas 13 anos, ele já coleciona títulos de gente grande. É bicampeão pan-americano, bicampeão brasileiro e campeão do US Open Sub 13. O judoca também treina em casa com o pai, faixa preta de judô, e com o irmão mais novo, de 7 anos, que trilha os caminhos da família. Em 2016, Falcão foi convidado para carregar a tocha olímpica na sua cidade. Inspirado nos atletas Flávio Canto e Charles Chibana, ele sonha em participar de uma olimpíada, conquistar uma medalha e se casar.

A Qualicorp aposta no futuro do nosso judô e nos atletas do Instituto Reação. Porque esporte também é saúde.

 

Abrir