Depressão pós-parto afeta 25% das mães

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Ter um bebê pode provocar uma avalanche de emoções, como entusiasmo, alegria, medo e ansiedade. Mas também pode resultar em algo que você não espera: depressão. Uma pesquisa da Fiocruz mostrou que uma em cada quatro mulheres no Brasil sofre de depressão pós-parto. É uma doença séria e é importante conhecer os sintomas para saber quando procurar ajuda médica.

Sentir-se culpada, pensar que não ama seu bebê, que não o recebeu bem e ainda sofrer com a incompreensão de pessoas que não entendem pelo que você está passando são consequências possíveis da depressão pós-parto. A doença pode ser causada por fatores fisiológicos (alterações de hormônios) ou emocionais, muitas vezes relacionados à mudança de seu estilo de vida com a chegada da criança.

A depressão pós-parto pode ser confundida com a tristeza materna, também conhecida por baby blues, pois as duas têm alguns sintomas semelhantes, como alterações de humor, crises de choro, ansiedade e dificuldade para dormir. Muitas mães passam pela tristeza materna, que é um tipo de depressão mais leve. Normalmente, ela começa nos primeiros dois a três dias após o parto e pode durar até duas semanas. A depressão pós-parto é mais grave e duradoura.

Sintomas de depressão pós-parto

Geralmente, os sintomas de depressão pós-parto se desenvolvem nas primeiras semanas depois do nascimento do bebê. Mas eles podem aparecer até seis meses depois do parto. Os sintomas incluem:

  • Tristeza, choro excessivo ou mudanças bruscas de humor;
  • Pouco interesse nas atividades que davam prazer;
  • Dificuldade de estabelecer uma ligação com o bebê;
  • Perda ou excesso de apetite;
  • Insônia ou excesso de sono;
  • Fadiga ou perda de energia;
  • Receio de não ser uma boa mãe;
  • Sentimentos de inutilidade ou culpa;
  • Dificuldade para se concentrar ou tomar decisões;
  • Pensamentos de agressão a você mesma ou ao seu bebê.

Depressão pós-parto requer tratamento

Se não for tratada, a depressão pós-parto pode durar por muito tempo e interferir na sua capacidade de cuidar do seu bebê e de lidar com outras tarefas diárias. Por isso, é importante conseguir reconhecer que você pode estar sofrendo de depressão e procurar ajuda médica o quanto antes.

Mas não é só a mãe que pode ficar deprimida após o nascimento do bebê. O pai também pode. Se isso acontecer, ele deve receber apoio profissional.

Referências

http://portal.fiocruz.br/pt-br/content/depressao-pos-parto-acomete-mais-de-25-das-maes-no-brasil

http://www.ans.gov.br/parto-e-normal

http://www.apa.org/pi/women/resources/reports/postpartum-dep.aspx

http://www.mayoclinic.org/diseases-conditions/postpartum-depression/basics/symptoms/con-20029130

Abrir

 

 

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 016 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

ou ligue para: (11) 3149-8305

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.