Outubro rosa: é preciso ficar atenta aos sinais

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer que mais afeta as mulheres no mundo, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. E um dos tipos que mais causa mortes no Brasil – mas não é preciso se assustar.

Se você estiver atenta aos sinais e sintomas do câncer de mama ao fazer o autoexame na região e tiver o acompanhamento médico regular, suas chances de detectar o câncer precocemente aumentam. Com um diagnóstico precoce, o câncer de mama alcança uma taxa de sobrevida de 90%. É por este motivo que, anualmente, o governo lança a campanha do Outubro Rosa, mês do cuidado com a saúde da mulher e de prevenção do câncer de mama.

Quais são os sinais e sintomas do câncer de mama?

O câncer de mama aparece quando há o crescimento descontrolado de células anormais que se multiplicam rapidamente e formam tumores malignos. Os principais sinais e sintomas são:

  • Deformações ou alterações no formato das mamas;
  • Caroço (nódulos) que não se move, endurecido e indolor;
  • Alteração (retração) do bico do seio;
  • Secreção líquida dos mamilos (que não é leite);
  • Pele da mama avermelhada, retraída ou ressecada;
  • Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço.

Atenção: Apesar de ser mais comum nas mulheres, o câncer de mama também pode atingir homens – cerca de 1% deles apresenta a doença no Brasil em relação à quantidade de mulheres. Neste caso, os sinais e sintomas são bem parecidos, podendo causar também descamação da pele da mama ou do mamilo.

Detecção precoce do câncer de mama

Além de estar atenta aos sinais e sintomas do câncer de mama, a mulher também deve realizar os seguintes exames que auxiliam na detecção precoce da doença:

  • Exame de toque – deve ser realizado pela mulher a partir dos 20 anos de idade, mensalmente, sete dias após a menstruação. A orientação para procurar um profissional é o aparecimento de qualquer nódulo mamário em mulheres com mais de 50 anos e, para as que têm acima de 30 anos, a constatação de nódulos que persistem por mais de um ciclo menstrual.
  • Exame clínico – consiste no exame de toque realizado por um médico;
  • Mamografia – é um raio-x das mamas, que ajuda a detectar possíveis sinais de câncer de mama antes mesmo do nódulo ser formado. A recomendação é que mulheres com mais de 50 anos façam o exame a cada dois anos, mas ele pode ser realizado a partir dos 40 anos, caso seja a opção da mulher e/ou orientação do médico;
  • Ultrassonografia da mama – o exame usa ondas sonoras para criar imagens dos tecidos de dentro da mama e isso ajuda a identificar alguma alteração nos seios que podem indicar de câncer;
  • Biópsia – é a remoção de uma pequena quantidade de tecido da mama para análise da presença ou não do câncer. Pode ser feita de várias formas, conforme o tipo de lesão, tamanho e localização;
  • Testes de expressão gênica – analisamalguns padrões de determinados genes, de forma que conseguem prever se um tipo de câncer de mama, ainda que em estágio inicial, possui probabilidade de voltar após o tratamento.

Diversos exames novos estão sendo desenvolvidos para facilitar, tornar mais assertivo e precoce o diagnóstico do câncer de mama. Estes testes experimentais que estão sob pesquisa estudam a detecção da doença por exame de sangue, mamografia de contraste, imagens ópticas e através da elasticidade do tecido mamário, em uma elastografia. Apesar de serem estudos clínicos, estas iniciativas garantem avanços na prevenção do câncer de mama a longo prazo.

Outubro rosa: como se prevenir do câncer de mama?

Alguns hábitos simples podem fazer a diferença na prevenção do câncer de mama:

  • Fazer mensalmente o autoexame das mamas;
  • Evitar alimentos gordurosos e industrializados;
  • Praticar exercícios físicos regularmente;
  • Evitar a ingestão excessiva de bebidas alcoólicas e não fumar;
  • Ter o acompanhamento médico regular.

O Outubro Rosa é uma campanha de incentivo e conscientização à saúde da mulher, especialmente. No entanto, o cuidado com o corpo e a mente devem ser constantes, diariamente, a todas as mulheres.

Fonte: parceiros Qualicorp.

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 016 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.