Perigos da hipertensão para diabéticos

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

A pessoa portadora de diabetes tem duas vezes mais chances de desenvolver hipertensão. Além disso, se essas doenças não forem tratadas, elas aumentam os riscos de ataque cardíaco, derrame e insuficiência renal. Mas, com algumas mudanças no estilo de vida, é possível prevenir essas complicações.

O que fazer para reduzir risco da diabetes e hipertensão?

Praticar exercícios físicos regularmente – isso ajuda a fortalecer o coração e, assim, o bombeamento de sangue é mais eficiente. Cerca de 150 minutos de exercícios aeróbicos por semana, como caminhadas, passeios de bicicleta ou aulas de natação, já fazem a diferença de forma positiva no funcionamento do organismo. Mas, antes de começar a praticar exercícios, consulte o seu médico para saber se há alguma restrição.

Diminuir o sal e comer alimentos frescos e naturais – para prevenir a pressão alta, é preciso controlar (e diminuir) a quantidade de sódio da alimentação. Uma boa dica para isso é evitar alimentos muito industrializados, refrigerantes e sucos de caixinha e optar por frutas e legumes frescos, alimentos com grãos integrais e carnes magras.

Tomar os medicamentos corretamente – é importante usar com regularidade os medicamentos para controlar a hipertensão, seguindo as orientações do médico. Apenas um dia sem eles pode alterar o funcionamento do organismo.

Não fumar – o cigarro pode obstruir os vasos sanguíneos, o que pode causar a hipertensão e, também, pode fazer com que o organismo libere hormônios que dificultam a absorção da insulina, aumentando, assim, as chances da diabetes.

Fatores de risco para diabetes e hipertensão

Alguns fatores como idade, histórico familiar, excesso de peso, falta de atividade física, uso de tabaco e de álcool podem aumentar as chances tanto da diabetes quanto da hipertensão.

Outro fator de risco para diabetes e hipertensão é a nefropatia diabética – uma alteração nos vasos sanguíneos do rim que faz com que o órgão perca a habilidade de filtrar as substâncias e passe a eliminar proteínas por meio da urina. Uma das proteínas eliminadas por pessoas com essa complicação é a albumina, que fornece aminoácidos importantes para a recuperação do organismo.

Geralmente, a nefropatia diabética não apresenta sintomas. Entretanto, um sinal da doença é a urina espumosa. Mas, se a sua urina estiver assim, isso não quer dizer que você tenha a complicação. Procure o seu médico e converse com ele, pois a condição pode ser detectada por meio de exames específicos.

Fonte: Conteúdo de parceiro Qualicorp

Abrir

 

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 016 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

ou ligue para: (11) 3149-8305

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.