>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Os benefícios da musculação

  • saiba mais.
  • Publicado em: 08/05/2019 15:29

Saúde e Bem-Estar 08. Maio. 2019

Com cerca de 36 mil academias por todo o país, o Brasil reúne dez milhões de praticantes de musculação. Apesar de a motivação de uma boa parte das pessoas sejam os benefícios estéticos da musculação, ela também ajuda a prevenir e controlar inúmeras doenças, como pressão alta e diabetes tipo 2. É indicada, inclusive, para pessoas com doenças crônicas e idosos. Continue a leitura e descubra quais os benefícios da musculação e quem pode praticar.

Conheça os principais benefícios da musculação

Controle da obesidade e diabetes - o excesso de açúcar no sangue e o excesso de peso são fatores de risco para doenças do coração. Ao praticar musculação, o ganho de massa magra no corpo faz com que o metabolismo acelere, aumentando o gasto calórico. Com isso, o percentual de gordura diminui. Além disso, a musculação ajuda a prevenir a diabetes ou mantê-la controlada. Exercícios de intensidade moderada a forte, quando feitos de três a quatro vezes por semana, melhoram de 10% a 20% os indicadores de glicose no sangue.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Redução da pressão arterial em hipertensos - além de diminuir fatores que contribuem para a pressão alta, como excesso de peso, a musculação baixa o nível da pressão arterial. Logo que a pessoa começa um programa de exercícios, ela nota a diminuição por um período, logo que termina o treino. Após doze semanas, a pressão permanece mais baixa mesmo em repouso.

Tratamento da artrite - apesar de a doença poder causar limitações físicas, o sedentarismo piora a artrite e cria um círculo vicioso. A musculação, aliada a exercícios aeróbicos e alongamentos, se mostra tão potente quanto medicamentos. Geralmente, indivíduos com essa condição costumam se sentir mais fracos e sentem mais dor que o necessário, mas após um período insistindo em exercícios, conseguem desenvolver atividades do dia a dia com menos dores, como se abaixar e cuidar de afazeres domésticos.

Cuidados com o coração - a musculação ajuda a baixar o LDL, que é o colesterol ruim, e aumentar o HDL, que é o colesterol bom. Isso porque, ao praticar exercício, a circulação sanguínea é aumentada e evita o acúmulo de gorduras nas paredes das artérias.

Benefícios da musculação durante o envelhecimento

Fortalecimento dos ossos - após os 40 anos, as mulheres podem perder de 1 a 2% de sua massa óssea por ano. A musculação retarda a perda óssea e até aumenta sua densidade, reduzindo o risco de fraturas.

Restauração do equilíbrio - na medida que as pessoas envelhecem, o equilíbrio e o volume da massa muscular diminuem, aumentando as chances de queda. A musculação feita corretamente aumenta o volume de massa magra e diminui a probabilidade e a gravidade de quedas.

Melhora da saúde mental - é comum na velhice a diminuição do contato com as pessoas, provocando um estado de solidão nos idosos, além do medo da morte e de se sentir incapaz. O engajamento dos idosos em programas de exercícios físicos pode ampliar o círculo de amizades e redes de apoio, contribuindo com o aumento da autoestima.

Fique atento: para que todos os benefícios citados sejam sentidos, é preciso realizar os exercícios de forma segura. Faça exames de rotina antes de começar qualquer atividade física, certifique-se com um médico se está apto a fazê-las e tenha sempre o acompanhamento de um profissional.

Fonte: parceiro Qualicorp.

Abrir