>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Sheet masks: conheça os benefícios das máscaras faciais

  • Sabia mais.
  • Publicado em: 24/05/2019 11:58

Dr. Kalil Explica 24. Maio. 2019

Cuidar da pele, o maior órgão do corpo, também faz parte de uma boa saúde. A moda da vez é usar as sheet masks, máscaras faciais descartáveis que, depois de alguns minutos no rosto, prometem hidratação, melhora do colágeno, firmeza, viço e uma pele saudável.

A dermatologista Adriana Vilarinho explica que as sheet masks são a tendência da vez e, por serem embaladas individualmente, embebidas por princípios ativos específicos para cada tipo de pele, são práticas, funcionais e mais higiênicas.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

"Hoje em dia encontramos uma enorme variedade de marcas e propostas, o que significa que temos diversas opções, desde ação rejuvenescedora, estímulo do colágeno, clareamento, melhora do viço, poros e qualidade da pele", diz a médica. "Tudo depende dos ativos encontrados na formulação e da necessidade individual de cada indivíduo", afirma.

Mas atenção: é preciso escolher a sheet mask de acordo com o seu objetivo. “As máscaras divergem não só na indicação, mas também no jeito de serem usadas. Algumas devem ser aplicadas no período noturno, enquanto outras podem ser usadas pela manhã. O tempo de aplicação também pode variar”, explica Adriana.

As sheet masks podem ser usadas uma vez por semana, ou a cada 15 dias. "Tudo vai depender da indicação e, ao retirar a máscara, é importante deixar o produto agir na pele e não lavar logo em seguida", recomenda a especialista.

Prevenir o envelhecimento da pele

Para quem quer prevenir o envelhecimento, além de usar protetor solar diariamente e manter uma alimentação e sono saudáveis, pode também apostar nas sheet masks com ativos como retinol, ácido hialurônico, vitamina C e matrixyl, explica Adriana.

No entanto, a dermatologista ressalta que, para que o tratamento seja efetivo, o ideal é usar as sheet masks como um complemento do tratamento dermatológico, já que elas não são substitutas dos cuidados prescritos por um médico. "Tenha sempre a indicação e orientação do seu dermatologista", finaliza.

Revisão técnica

  • Prof. Dr. Max Grinberg
  • Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
  • Autor do blog Bioamigo

Fonte: site Coração e Vida, produzido com a curadoria do cardiologista Dr. Roberto Kalil Filho.

Abrir