>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Osteoporose: previna-se desta fraqueza nos ossos

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 05/01/2010 17:58

A osteoporose é uma doença que se caracteriza pela diminuição da quantidade de cálcio nos ossos acompanhada de modificações em suas estruturas. Juntos, esses dois fatores levam a um aumento da fragilidade óssea e, consequentemente, a um maior risco de fraturas, que são as principais manifestações clínicas da doença e ocorrem com mais frequência nas vértebras, fêmur e antebraço.

A prevalência da osteoporose e a ocorrência de fraturas variam de acordo com sexo e raça. Embora atinja tanto homens, quanto mulheres, há uma ampla predominância no sexo feminino. As mulheres brancas na pós-menopausa apresentam maior incidência de fratura e, de acordo com as estatísticas, a partir dos 50 anos de idade cerca de 30% das mulheres e 13% dos homens poderão sofrer algum tipo de fratura provocada pela doença.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

O diagnóstico da osteoporose é feito por meio de um exame denominado densitometria óssea, que permite observar a densidade mineral óssea nos locais em que as fraturas ocorrem com mais frequência. A comparação dos resultados de exames realizados em intervalos de 12 a 24 meses permite avaliar a evolução da doença e se o tratamento realizado está sendo eficiente. Para que essa comparação seja mais confiável, é aconselhável que os exames sejam feitos com o mesmo aparelho.

Uma vez constatada a ocorrência da doença, há dois tipos de tratamento possíveis: o farmacológico e o não-farmacológico. No primeiro é feita a administração de suplementos de cálcio e vitamina D, além de outros medicamentos que serão prescritos pelo médico de acordo com cada caso.

O tratamento não-farmacológico também se constitui numa importante forma de prevenção dessa doença e se baseia no tripé nutrição, exposição adequada ao sol e realização regular de atividades físicas. No âmbito da nutrição, o mais importante nutriente para os ossos é o cálcio, que pode ser encontrado em diversas fontes alimentares, especialmente no leite e seus derivados.

A exposição ao sol é recomendada para a produção de vitamina D na pele, substância fundamental para a formação de ossos saudáveis. A atividade física também auxilia no fortalecimento dos ossos e deve ser feita por, no mínimo, três dias por semana, em dias alternados e ao menos por 30 minutos. Exercícios mais leves, como caminhadas, podem ser realizados diariamente, enquanto os mais pesados devem respeitar intervalos de 24 ou 48 horas.

Dra. Regeane Trabulsi Cronfli

  • médica da equipe de Endocrinologia do HCor
  • Hospital do Coração
Abrir