>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Osteoporose

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 04/09/2014 14:15

Trata-se de uma doença que se caracteriza pela diminuição progressiva da densidade óssea e aumento do risco de fraturas.

As mulheres de cor branca, especialmente após a menopausa, são as grandes vítimas. Mas pode acometer também homens, principalmente os idosos.

Origem

Após a puberdade, o organismo atinge seu pico de massa óssea. Depois, o corpo trabalha para renovar as células que compõem essa estrutura, eliminando células velhas e produzindo novas. Com o avançar da idade, esse processo pode entrar em desequilíbrio, tornando os ossos frágeis, capazes de se quebrarem sozinhos ou de sofrerem fraturas mesmo em impactos leves.

Fatores de risco

• Idade
• Sexo
• Raça
• Histórico familiar
• Qualidade da alimentação
• Pouca exposição ao sol (ele está relacionado à produção de vitamina D, que ajuda na fixação do cálcio)
• Baixa quantidade de vitamina D
• Consumo excessivo de cafeína, álcool e cigarro

Diagnóstico

O principal exame é a densitometria óssea, que mede a quantidade de cálcio por centímetro quadrado. Os resultados são classificados em três faixas de densidade decrescente: normal, osteopenia e osteoporose.

Tratamento

Existem tratamentos que podem evitar ou retardar a progressão da doença. Dentre os recursos adotados estão a reposição hormonal após a menopausa, a suplementação de cálcio e de vitamina D, sempre com orientação médica.

Medidas preventivas

• Ter uma dieta com alimentos ricos em cálcio como leite, queijos magros e iogurtes
• Tomar sol sem filtro solar por pelo menos 15 minutos ao dia, antes das 10 horas ou após as 16 horas
• Praticar atividades físicas regularmente. Exercícios com pesos, que provocam grande tensão muscular, mantêm o tônus muscular e colaboram para o fortalecimento dos ossos

Consulte regularmente o seu médico.