>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • A Cefaleia e a enxaqueca

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 11/04/2013 13:37

Cefaleia é o termo médico para a conhecida dor de cabeça. A Sociedade Internacional de Cefaleia reconhece mais de 150 tipos de dor de cabeça diferentes. Já a enxaqueca é um tipo de cefaleia. Trata-se de uma doença neurológica e de predisposição genética.

Nos quadros graves, é importante definir as causas principais, os fatores desencadeantes e o tipo de predisposição genética. As crises podem ser desencadeadas por inúmeros fatores, como por exemplo:

• Estresse físico e emocional;
• Determinados alimentos, como álcool, queijos, vinho tinto, embutidos etc;
• Privação ou excesso de sono;
• Alterações hormonais súbitas.

A enxaqueca se manifesta em crises que duram de 4 a 72 horas, se não for tratada. Com medicamentos a duração pode ser bem menor. A dor é frequentemente unilateral, podendo variar de lado entre as crises, sendo latejante na maioria das vezes, de intensidade é moderada ou forte.

Os pacientes costumam apresentar outros sintomas durante a crise de enxaqueca, como intolerância à luz, a ruídos, a odores. Frequentemente também há náusea e vômito. Algumas pessoas apresentam antes da crise de dor fenômenos conhecidos como aura.

As auras mais comuns são as visuais, como manchas no campo visual e linhas brilhantes em ziguezague Outras tipos de auras caracterizam-se por sensação de dormência de um membro. Formas menos comuns incluem incapacidade temporária para falar ou fraqueza de um ou mais membros de um lado do corpo.

Referências:
http://www.sbce.med.br/
http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas-corpo-humano/enxaqueca-2/