Toxoplasmose

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

A toxoplasmose é uma doença infecciosa, também conhecida como “doença do gato”, causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii. Ela é transmitida aos seres humanos e a outros animais através das fezes do gato contaminadas pelo protozoário.

Segundo o infectologista Jorge Figueiredo Senise, da Associação Brasileira de Infectologia, as pessoas podem adquirir essa infecção por três vias:

1. Ingestão de oocistos (cistos do protozoário) que vêm do solo, areia, latas de lixo contaminadas com fezes de gatos infectados;
2. Ingestão de frutas e verduras mal lavadas, carne crua ou mal cozida infectadas, especialmente carne de porco, boi e carneiro;
3. Através de infecção transplancentária, (na placenta da gestante) ocorrendo em 40% dos casos dos fetos de mães que adquiriram a infecção durante a gravidez.

O período de incubação, que é o tempo entre o contagio e o aparecimento dos sintomas acontece de 10 a 23 dias, quando a fonte for a ingestão de carne. Agora se a fonte for a ingestão de oocitos de fezes de gatos, o tempo de incubação é de 5 a 20 dias.

A toxoplasmose não passa de uma pessoa pra outra, com exceção de infecções intrauterinas (quando a gestante está com a doença, e passa para o feto).

Sintomas:

A toxoplasmose pode aparecer tanto sem nenhum sintoma quanto provocando quadros graves no miocárdio (parede do coração), fígado e músculos, encefalite (inflamação aguda no cérebro) e exantema másculo-papular (vermelhidão pelo corpo em forma de pequenas manchas).

No caso de haver sintomas, os principais são:
• Cansaço;
• Dores no corpo;
• Febre;
• Machas pelo corpo,
• Linfadenopatia (ínguas espalhadas pelo corpo);
• Lesões na retina;

Os parasitas da toxoplasmose se multiplicam e atacam todos os órgãos através do sangue, provocando infecção generalizada. Consequentemente, acabam surgindo deficiências neurológicas, inflamações nos olhos, complicações musculares, hepatites e inflamação no pâncreas.

Além disso, o infectologista alerta que para as gestantes é muito importante fazer o exame de toxoplasmose no pré-natal. Caso o resultado seja negativo, indica que a mulher nunca teve contato com o parasita. No entanto isso é preocupante, porque se ela se infectar durante a gestação, a criança nascerá infectada.

Por isso é recomendável que a mulher não vá a lugares em que tenham gatos e também que ela não coma carne crua ou mal passada, verduras e cascas de frutas, para evitar que adquira a infecção durante a gravidez. No entanto, se no exame constatar um resultado positivo de toxoplasmose antiga e curada, isso traz tranquilidade total, porque a mulher está protegida contra a infecção e não irá adquiri-la outra vez.

Em pessoas debilitadas imunologicamente, como é o caso de pessoas com AIDS ou outras doenças que provocam baixa imunidade, a toxoplasmose pode apresentar outros perigos.

A pessoa que tem baixa imunidade não consegue mais reter o parasita dentro dos cistos residuais e o protozoário volta à atividade sem encontrar barreiras. E, por não encontrar, agride o organismo de forma drástica: afeta o sistema nervoso central, o pulmão e o coração provocando doenças como encefalite, pneumonite e miocardite.
Se essas doenças não forem identificadas e tratadas precocemente, poderão trazer graves consequências.

Tratamento:

De acordo com Senise, a toxoplasmose é assintomática (não apresenta sintomas) em 80 ou até 90% dos casos. No entanto, quando há a presença de sintomas, o tratamento é feito através de medicamentos indicados por um infectologista.

Prevenção:

Para se prevenir da toxoplasmose, o indicado é não ingerir carne crua ou mal passada e só consumir frutas e verduras bem lavados e esterilizados. Além disso, é importante evitar o contato com fezes de gatos.

Referências:

ABP – Associação Brasileira de Infectologia
Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde
Portal MedicinaNET
Doutor Drauzio Varella

Dados do especialista:

Jorge Figueiredo Senise (CRM: 36862) é infectologista da Associação Brasileira de Infectologia, doutor em Infectologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e atua há mais de 30 anos nesse ramo. Possui experiência na área de Medicina, com ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitárias.

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 016 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

ou ligue para: (11) 3149-8305

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.