Ar-condicionado e doenças respiratórias

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Se você passa muito tempo em lugares fechados com ar-condicionado ligado, está aumentando suas chances de ter um problema respiratório. Isso porque o aparelho suga o ar do ambiente e retira umidade, o que causa irritação das vias aéreas. Para aqueles que já têm alguma doença respiratória, como asma, bronquite ou enfisema, o ar seco pode acabar provocando uma crise, alerta o pneumologista Elie Fiss.

Mas se você é daqueles que não resiste a um vento gelado nos dias quentes, ou se odeia ar-condicionado, mas é voto vencido no escritório nas tradicionais discussões sobre a temperatura ideal, a solução é aumentar a umidade do ambiente usando vaporizadores. No caso de pessoas mais sensíveis, vale a pena conversar com o chefe ou responsável para ser posicionado longe das saídas de ar. Em casa, outra estratégia é espalhar bacias de água ou toalhas molhadas.

O médico explica que outro problema referente ao uso do ar-condicionado é o choque térmico ao passar de ambientes quentes para o local climatizado (e vice-versa), porque esse processo também tende a irritar as vias aéreas. Uma recomendação é não deixar uma diferença de temperatura maior do que 10ºC entre o ambiente interno e o da rua, afirma o especialista. Alguns sinais indicam que o ar-condicionado pode estar prejudicando a sua saúde, como por exemplo:

  • Garganta “arranhando”;
  • Tosse;
  • Chiado no peito;
  • Sangramento pelo nariz;
  • Falta de ar.

Limpeza do ar-condicionado é essencial

Estar em dia com a manutenção e a limpeza do ar-condicionado não é vantajoso apenas para o bolso (pois economiza energia), mas também pode ajudar a evitar problemas de saúde. A limpeza do aparelho evita o acúmulo de poeira e o crescimento de bactérias, que fazem com que o ar-condicionado espalhe sujeira em vez de oferecer um ambiente mais refrescante, aponta o pneumologista.

No escritório, em geral é preciso cobrar do responsável uma manutenção com técnicos especializados e que siga as normas do Ministério da Saúde e da Anvisa.

Profissional consultado: Elie Fiss – Pneumologista (CRM35958).

Referências

http://www.senado.gov.br/noticias/jornal/cidadania/limpeza/

http://www.blog.saude.gov.br/promocao-da-saude/30942-especialistas-ensinam-a-amenizar-impactos-do-tempo-seco

Abrir

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 16 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.