Como escolher um psicólogo?

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppShare

Aquela frase de que “terapia é para quem está em um caos emocional” não é bem verdade. Pequenos desconfortos já podem sinalizar a necessidade da busca de ajuda psicológica, evitando chegar a um caos emocional que por vezes é gerador de doenças crônicas e transtornos psiquiátricos.

Frequentar um psicólogo também é para quem quer cuidar da mente, ganhar autoconhecimento, melhorar o convívio com as pessoas e prevenir doenças como estresse e ansiedade.

É comum surgirem dúvidas sobre quais aspectos deve-se levar em conta na hora de procurar ajuda.

1. Onde começar a buscar?

Sua busca pode seguir diversas frentes:

Pedir indicação ao seu médico de confiança; Procurar em universidades de psicologia de sua cidade; Pedir indicação a familiares e amigos, lembrando que a identificação com o profissional é pessoal.

2. Entrevista psicológica

A entrevista psicológica acontece nos primeiros encontros do ciclo terapêutico, podendo levar de um a quatro encontros, pois busca-se levantar a história de vida do paciente em todos os aspectos. Este é o início de um relacionamento profissional, não íntimo, para a criação de um vínculo que servirá de base para adesão à terapia.

3. Primeiro encontro com o seu terapeuta

Algumas questões que você não pode deixar de considerar:

Finanças – não deixe de saber o valor da consulta, se seu plano de saúde, caso tiver, cobre esse tipo de serviço ou se há reembolso.

Frequência – estabeleça horários, frequências e limite de tempo dos atendimentos.

Cancelamento de consultas – consulte previamente a política de cancelamento das consultas com o seu psicólogo. Alguns consultórios exigem uma antecedência caso vá remarcar ou cancelar um horário e, caso não cumpra, o valor da consulta é cobrado.

Consultas via web conferência – o Conselho Federal de Psicologia já permite que o psicólogo realize atendimento por web conferência, o que pode facilitar em dias que você não puder comparecer pessoalmente. Porém, é preciso que o profissional esteja com um registro específico para este atendimento no Conselho Regional de Psicologia. Informe-se com ele.

Facilitadores – espera-se de do psicólogo e paciente uma comunicação aberta, considerando as diversas formas de comunicação (fala, escuta ativa, linguagem corporal e etc). É preciso estar presente de fato na sessão, não apenas comparecer superficialmente, mas se comprometer com os objetivos.

Fonte: parceiro Qualicorp.

Abrir

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 16 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.