Leite empedrado: como aliviar as dores

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

A amamentação é fundamental para a saúde do bebê. Apesar disso, muitas mulheres deixam de amamentar por causa de rachaduras no peito, que normalmente são causadas pela posição incorreta da criança. Para apoiar a campanha “Agosto Dourado”, que é voltada para a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento materno, reunimos dicas de como evitar o problema.

Mais de 80% das mulheres experimentam algum tipo de dor ou desconforto durante as primeiras mamadas. No entanto, mamilos muito doloridos e machucados não são normais. É preciso prestar atenção caso apareçam edemas, bolhas, marcas brancas, amarelas ou escuras ou qualquer tipo de rachadura no peito. Entre as causas estão:

– Mau posicionamento do bebê;

– Mamilos curtos/planos ou invertidos;

– Disfunções orais na criança;

– Freio da língua do bebê muito curto;

– Uso impróprio de bombas de extração de leite;

– Uso de cremes e produtos que causam alergias;

– Sucção não nutritiva por tempo prolongado.

É possível evitar e tratar a rachadura no peito

Por causa das dores e do desconforto causados pelos diferentes tipos de rachadura no peito e de outras lesões, muitas mulheres decidem parar a amamentação, o que pode trazer sérios prejuízos para a saúde da criança. Por isso, é importante saber tratar o problema, que pode ser, inclusive, uma porta de entrada para bactérias.

A principal maneira de prevenir lesões é amamentar na posição correta. O corpo do bebê deve estar de frente para o da mãe e ela deve trazer a boca da criança bem de frente para o mamilo. A criança deve abocanhar o mamilo com a boca bem aberta, de maneira que ele pegue o bico do seio e também a aréola, a parte escura ao redor do bico. Outras maneiras de evitar machucados e rachaduras no peito são:

– Manter os mamilos secos, expondo-os ao ar-livre e à luz;

– Não usar produtos ressecantes, como álcool e sabão;

– Amamentar quando a criança quiser. Menos faminta, ela suga com menos força;

– Evitar o uso de protetores.

Especialistas recomendam que o melhor tratamento para rachadura no peito é mantê-lo úmido e hidratado, usando o próprio leite materno, cremes e óleos apropriados. Entre os produtos mais indicados, estão os feitos à base de vitaminas A, D e lanolina.

Nos casos mais graves, a indicação são as pomadas com corticoide. Esse tipo de tratamento, no entanto, deve ser indicado por um profissional. Nunca use por conta própria, procure um médico. Ele fará uma avaliação e indicará o melhor produto correto para você.

Fonte: parceiro Qualicorp.

Abrir

 

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 016 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

ou ligue para: (11) 3149-8305

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.