Saúde da mulher de A a Z

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare
Ao fundo da imagem, foto de mulher branca com cabelos escuros.
A frente da foto, texto escrito: Saúde da mulher dicas básicas de A a Z

Cuidar da saúde da mulher é algo muito importante para a Qualicorp. É fundamental ter alguns cuidados para garantir o bem-estar feminino e prevenir o surgimento de várias doenças. Por isso, separamos algumas dicas para saúde da mulher de A a Z, para as mulheres que buscam por uma vida saudável.

Compartilhe das dicas para saúde da mulher de A a Z

Alimentação balanceada

Manter uma alimentação balanceada é essencial para a saúde da mulher, pois ajuda o corpo e a mente a funcionem de maneira adequada.

A ingestão de nutrientes faz a manutenção da qualidade do sono e da concentração, além de prevenir doenças e melhorar o humor.

Boa forma

Manter o peso adequado é um fator muito importante para a saúde da mulher. No Brasil, a cada 100 casos de câncer, 13 estão relacionados ao sobrepeso e a obesidade.

Por esse fator muitas mulheres passam por uma reeducação alimentar. A prática de exercícios físicos também está relaciona ao hábito de vida saudável.

Câncer de mama

Mundialmente, o câncer de mama é o segundo tipo de câncer que mais afeta a saúde da mulher. Por isso, é importante realizar o autoexame periodicamente e buscar um especialista em caso de alterações na região.

Depressão

As mulheres são mais suscetíveis a depressão devido à variação hormonal presente no organismo feminino, principalmente na fase fértil.

Essa doença é caracterizada pelo surgimento de uma tristeza intensa, diretamente relacionada a sentimentos de aflição, pouca autoestima e falta de esperança.

Os quadros depressivos podem gerar complicações adicionais como oscilação no apetite e transtornos no sono.

Estresse

O estresse é uma condição que afeta constantemente a saúde da mulher. Ele costuma aparecer diante das situações de ameaça e perigo.

Por isso, o estresse pode induzir o organismo a desenvolver patologias como depressão e ansiedade. Doenças de fundo neurológico e cardíaco também podem ser desencadeadas após situações estressantes.

Para combater o estresse é aconselhável manter hábitos saudáveis como relaxamento, descanso, além da prática de atividades de lazer.

Fertilidade

A primeira menstruação marca o começo da fase reprodutiva da mulher, que termina com a chegada da menopausa. Alguns fatores que demandam atenção podem ocorrer nessa etapa da vida.

Entre eles estão os procedimentos contraceptivos, a infertilidade e a gravidez tardia ou precoce.

A mulher também deve ficar atenta diante da possibilidade de uma menopausa antecipada, além de investigar o surgimento de doenças infecciosas e ginecológicas.

Gravidez

A gravidez faz parte da vida de muitas mulheres. É fundamental buscar o acompanhamento de um especialista durante o período de gestação.

O pré-natal inclui exames muito importantes, pois proporciona a possibilidade de monitorar a saúde da mulher e do feto por meio de amostras de sangue, urina e fezes, entre outros procedimentos que poderão ser solicitados pelo especialista.

Hormônios

Alguns hormônios neurotransmissores são responsáveis por moldar e intensificar as reações do corpo, induzindo o organismo a uma sensação de bem estar.

Esses hormônios entram em pico durante algumas atividades praticadas no dia a dia. Eles são compostos por um quarteto: a serotonina, a endorfina, a ocotocina e a dopamina.

Adotar bons hábitos ajuda a elevar os níveis desses hormônios, melhorando a qualidade de vida e a saúde da mulher.

Infecções sexualmente transmissíveis

A prática de relações sexuais sem preservativos é apontada como uma das principais causas das infecções sexualmente transmissíveis (IST).

É importante ter a conscientização para evitar o contágio por essas patologias, que podem ser transmitidas das mães para os filhos durante o parto, a gestação e a amamentação.

Joanetes

A utilização de sapatos altos, apertados e com bico fino é um dos fatores principais para o surgimento do joanete. Por isso essa doença afeta constantemente saúde da mulher.

O joanete ocorre por meio de um desalinhamento entre as articulações e os ossos dos pés. A reversão do problema requer tratamento conservador ou cirurgia.

Labioplastia

O órgão genital feminino envelhece com o passar dos anos. As mulheres percebem alterações como a diminuição da elasticidade, atrofiamento, aumento dos pequenos lábios e a despigmentação dos pelos na região.

Algumas mulheres recorrem à cirurgia plástica com o objetivo de reverter essa situação. O fato também ajuda a recuperar a autoestima e o bem-estar.

Menopausa

A menopausa marca o período no qual a mulher menstrua pela última vez. Na maioria das vezes acontece entre 45 e 55 anos.

É importante manter contato com especialistas, pois muitas vezes a menopausa provoca sensações intensas de calor, redução da libido, secura na região genital, diminuição da densidade do osso e da elasticidade da pele.

A menopausa também eleva os riscos de doenças cardiovasculares e depressão.

Nariz

A rinoplastia é uma das modalidades de cirurgias plásticas mais procuradas no Brasil. Muitas mulheres realizam esse procedimento no intuito de corrigir as imperfeições no nariz, sejam de origem funcional ou estética.

Olhos

Cuidar dos olhos é essencial para a saúde da mulher. Por isso, é importante dormir oito horas durante a noite e evitar longas exposições a claridades intensas.

Também é recomendado utilizar óculos com proteção ultravioleta e evitar o consumo exagerado de bebidas alcoólicas.

Pele

É necessário ter cuidados com a pele para diminuir os riscos do câncer de pele. A patologia é muito comum, sendo desencadeada por meio da multiplicação descontrolada das células cutâneas.

Algumas medidas ajudam a reduzir os ricos dessa doença, como o uso de protetor solar e consumo constante de água. Também é remendado evitar a exposição ao sol nos períodos mais quentes do dia.

Quedas

Alguns procedimentos podem ser realizados para reduzir as chances de quedas, como pisos com materiais antiderrapantes e a utilização de barras de apoio nas paredes.

Rugas

As rugas são decorrentes do envelhecimento cutâneo. Com o passar dos anos a pele tende a perder a elasticidade, por se tornar mais flácida de fina, desencadeando o aparecimento das rugas.

A prevenção das rugas envolve alterações no modo de vida. A rotina deve incluir uma alimentação balanceada, procedimentos dermatológicos e diminuição do estresse.

Silicone

O silicone é um componente químico muito utilizado nas cirurgias plásticas. Muitas mulheres recorrem a próteses desse material para reconstruir as mamas, ou melhorar a estética da região.

É fundamental conhecer a procedência do produto e ter atenção com o prazo de validade.

Tabagismo

A dependência da nicotina é capaz de causar transtornos comportamentais e mentais, afetando intensamente a saúde da mulher.

Trata-se de uma patologia causada pela utilização de uma substância psicoativa. Portanto, evite os cigarros!

Útero

A endometriose é uma doença relacionada ao útero, por isso, afeta diretamente a saúde da mulher.

Pode ser descrita como um processo de inflamação provocado pelas células do endométrio, que seguem no caminho oposto, caindo na cavidade do abdômen ou nos ovários.

Dessa forma, essas células se multiplicam e sangram, pois não conseguem ser expelidas pelo organismo.

Varizes

Geralmente, as varizes causam inchaço e dor. Nas mulheres, esses sintomas tendem a se tornar mais intensos durante a menstruação e a gravidez.

Caminhar com frequência é um bom exercício para a saúde da mulher, pois induz o surgimento de vasos saudáveis, além de ajudar a circulação.

Xixi

Muitas mulheres são acometidas por infecção urinária. A patologia acontece por meio de uma infecção bacteriana no sistema urinário: uretra, bexiga e rins.

Os principais sintomas dessa doença incluem uma vontade de urinar acima da média, sangue na urina, dores no abdômen e ardência ao urinar.

Zumbido

A última dica para saúde da mulher de A a Z é o zumbido, que não é considerado uma doença, mais um indicador de alguma patologia que pode estar afetando a audição. Busque por ajuda médica se o zumbido for persistente.

Gostou das dicas para saúde da mulher de Aa Z?
Baixe já o E-book e compartilhe com quem quiser

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Segunda a sexta: 7h às 21h
Sábados: 8h às 14h

Segunda a sexta: 7h às 17h

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 016 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

ou ligue para: (11) 3149-8305

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.