Março Azul Marinho: Prevenção ao câncer colorretal

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare
Foto de homem sorrindo, ao lado, a frase: Março Quali é Azul Marinho: Prevenção ao câncer colorretal
#NovoJeitoQualiDeSer

Em março acontece a campanha de conscientização e prevenção ao Câncer de Colorretal, conhecida como Março Azul Marinho. Essa é uma forma de dar visibilidade ao tema e dialogar com as pessoas sobre o que é a doença, como prevenir, identificar e tratar.

O que é Câncer de Colorretal?

Conhecido também como câncer de intestino ou câncer de cólon e reto, o câncer de colorretal é um dos tumores com mais ocorrência no Brasil. Estima-se que em 2020 surgiram mais de 40.000 novos casos.

Esta doença refere-se aos tumores que se iniciam na parte do intestino grosso (chamado de cólon) e no reto (parte final do intestino, antes do ânus) e ânus.

De acordo com dados recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca), divulgados no mês de fevereiro de 2020, a estimativa relativa a cada ano do período entre 2020-2022 é de que há um risco médio de 19,63 casos novos para 100 mil homens e 19,03 para cada 100 mil mulheres. Em homens, é o segundo mais incidente nas regiões sudeste e centro-oeste, respectivamente, sem considerar os tumores de pele não melanoma.

Como surge?

Grande parte desses tumores do câncer colorretal se inicia a partir de pólipos, que são adenomas, portanto, lesões benignas que crescem na parede do cólon e, quando associados a modos de vida não saudáveis e predisposição genética podem, com o passar do tempo, transformar-se em câncer.

Sintomas

  • sangue nas fezes;
  • alteração na forma das fezes (fezes muito finas e compridas);
  • dor ou desconforto abdominal;
  • massa (tumoração) abdominal;
  • perda de peso sem causa aparente;
  • mudança repentina nos hábitos intestinais;
  • constipação;
  • diarreia;
  • fraqueza e anemia.

Estes mesmos sintomas podem estar associados a outras doenças como úlcera gástrica, hemorroidas ou verminose, por exemplo, por isso devem ser acompanhados e investigados por um médico para seu diagnóstico correto e tratamento adequado.

Grupos e fatores de risco

  • histórico familiar de câncer de colorretal;
  • histórico pessoal de câncer de colorretal, ovário, útero ou mama;
  • doenças hereditárias, como polipose adenomatosa familiar (FAP) e câncer colorretal hereditário sem polipose (HNPCC);
  • ter sobrepeso ou obesidade;
  • ter idade igual ou superior a 50 anos;
  • fumar;
  • ingerir bebidas alcoólicas;
  • enfrentar doenças inflamatórias do intestino;
  • consumir alimentos processados;
  • consumir alimentos com alta densidade energética e carnes vermelhas;
  • consumir pouca quantidade de frutas, legumes, verduras e cereais integrais;
  • ser sedentário;
  • exposição ocupacional à radiação ionizante, como aos raios X e gama.

As práticas que levam à incidência de câncer de colorretal são muito parecidas com as práticas que levam à incidência da maioria dos tumores. Se você não mantém um estilo de vida saudável, é a hora de começar! Pode ser que isso te livre de uma doença ou te dê mais chances de cura, se chegar a enfrentá-la.

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser feito por meio de exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos. O exame de colonoscopia é um dos que consegue diagnosticar a doença. Se visualizados os pólipos, aquelas lesões ainda benignas, elas são removidas durante a própria consulta. Outro exame é a pesquisa de sangue oculto nas fezes.

Havendo suspeita, o diagnóstico se confirma através da biópsia, que é a análise de um pequeno pedaço de tecido retirado da lesão suspeita.

Se diagnosticado precocemente, enquanto os tumores ainda não se espalharam para outros órgãos, a chance de tratamento e cura são altas.

Prevenção ao câncer colorretal

Para a prevenção da doença nada além de uma rotina saudável: boa alimentação – rica em fibras, prática de atividade física, manutenção do peso corporal adequado e, claro, não fumar.

Além disso, faça check-up regularmente, principalmente se for dos grupos de risco, e procure um médico havendo sintomas.

Nós temos as melhores opções em planos de saúde para você e sua família se cuidarem. Acesse nosso site e entre em contato para maiores informações.

Fonte: Instituto Nacional de Câncer (Inca)

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare

Central de Serviços

Consultas, solicitações e informações sobre seu plano.

Baixe nosso aplicativo

Boletos, Demonstrativo de IR, carteirinha e atendimento de um jeito prático.

Serviços úteis para você ter mais agilidade e segurança ao usar seu plano de saúde

Atendimento digital

Se preferir adicione (11) 4004-4400 no seu celular.

Dúvidas frequentes

Clique aqui e acesse as dúvidas mais comuns de nossos clientes.

Atendimento por telefone

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 016 2000

(Demais regiões)

SAC

Reclamações, cancelamentos e informações sobre a Qualicorp, 24h por dia, todos os dias.

Vendas

Comercialização de planos de saúde para você ou para sua empresa.

Para você

Planos de saúde para categorias profissionais.

Se preferir adicione (11) 3178-4000 no seu celular.

ou ligue para:

(11) 3178-4000

(São Paulo)

0800 777 4004

(Demais regiões)

Para Sua Empresa

Soluções para empresas de todos os tamanhos

Empresas até 199 vidas (PME Qualicorp)

Solicite uma cotação:

ou ligue para: (11) 3149-8305

Segunda a sexta: 9h às 18h
Para saber mais sobre as soluções PME, clique aqui.

Empresarial

Segunda a sexta: 7h às 22h

(11) 3146-1012

Para solicitar uma cotação ou conhecer melhor as soluções da Qualicorp para benefícios corporativos, clique aqui.