Benefícios da portabilidade no plano de saúde

Compartilhe:
FacebookTwitterWhatsAppLinkedInShare
Texto: Benefícios da portabilidade no plano de saúde. Ao lado imagem de uma mão empilhando blocos de madeira.

Sabemos que suas necessidades ou momento de vida podem ter mudado e para resolver isso de uma forma justa ao consumidor, existe a portabilidade. Mas você sabe o que é e quais são os principais benefícios de se fazer portabilidade?

Como funciona a portabilidade?

A portabilidade é regulada pela ANS, Agência Nacional de Saúde, e tem como fundamento a possibilidade de você trocar de plano por algum motivo, sem precisar cumprir o tempo mínimo  de carência, que o novo plano possui.

Em geral, os prazos de carência, de acordo com a ANS, são:

  • 24 meses para lesões e doenças preexistentes;
  • 24 horas para emergência e urgência;
  • 300 dias para partos
  • 180 dias para outras situações.

Com a portabilidade, você tem maior segurança em para trocar de plano de saúde, com ela você carregar as carências já cumpridas. Ou seja, se você ficou em um plano pelo tempo mínimo e cumpriu as carências determinadas, se você trocar para um plano compatível, não precisará cumprir as mesmas carências. Mas que para isso tem algumas regras a serem consideradas.

Vale lembrar que a portabilidade não é uma isenção de carências, e sim o carregamento das carências já cumpridas.

Regras da portabilidade

Algumas regras devem ser observadas para que a portabilidade seja feita, como é o caso do prazo mínimo de permanência. Por mais que exista a possibilidade de troca sem a carência, isso só existe se você já está a tempo suficiente no plano atual.

Esse prazo pode variar, mas em geral, o prazo é de 2 anos de permanência em um determinado plano para que a portabilidade possa ser solicitada.

Depois disso, se uma portabilidade já foi feita, você pode solicitar uma nova no prazo de 1 ano, sobre as mesmas carências já cumpridas, se houveram carência diferentes, para essas permanece o prazo de dois anos.

Sempre é recomendado que você verifique a possibilidade de portabilidade, de acordo com a sua apólice.

Benefícios de se fazer a portabilidade

Pois bem, agora que você já conhece mais sobre o que é a portabilidade e alguns prazos a serem respeitados, pode entrar na parte dos benefícios de contar com esse direito.

Entre os benefícios de se fazer a portabilidade, o principal é justamente carregar as carências já cumpridas antes para começar a usufruir das vantagens e coberturas que o novo plano oferece.

Outro benefício de se fazer a portabilidade é o ter liberdade de escolha e de troca quando os serviços oferecidos por um plano não estão de acordo com as suas necessidades.

Como a Qualicorp facilita na portabilidade

Para você que é cliente Qualicorp, fazer a portabilidade não é um problema.

A Qualicorp facilita sua portabilidade com menos burocracia e mais agilidade no atendimento. Seu pedido de portabilidade leva no máximo 10 dias para ser analisado.

Você pode pedir a portabilidade pelo Atendimento digital ou telo telefone

 Whatsapp                  4004-4400

(Capitais e regiões metropolitanas)

0800 016 2000

(Demais regiões)

Segunda a sexta: 7h às 22h

Sábados: 8h às 14h (exceto feriados)

Que documentos são necessários para a portabilidade?

  • Comprovante de pagamento das três últimas mensalidades ou das três últimas faturas. Se for plano na modalidade de pós pagamento, declaração da Operadora do plano de origem* ou do contratante informando que o cliente está em dia com as mensalidades.
  • Comprovante de prazo de permanência: que pode ser a proposta de adesão ou contrato assinado ou ainda a declaração da Operadora do plano de origem* ou do contratante do plano atual.
  • Relatório de compatibilidade** entre os planos de origem e destino ou número de protocolo, ambos emitidos pelo Guia ANS de Planos de Saúde.
  • E os documentos de adesão para o novo plano

Quais planos são compatíveis para a portabilidade?

Para um plano ser considerado compatível, ele deve estar em faixa de preço igual ou menor que a do seu plano atual (as faixas de preço são definidas pela ANS).

Para consultar os planos compatíveis com o seu plano atual, acesse o Guia ANS de Planos de Saúde no portal da ANS. A ferramenta faz, automaticamente, a comparação entre os planos de acordo com o valor da mensalidade.

Casos em que não é exigida a compatibilidade por faixa de preço:

  • Quando o plano de origem tem formação de preço pós-estabelecida ou mista (plano que não possui valor de mensalidade fixo).
  • Quando a portabilidade for realizada de um plano empresarial para outro plano empresarial.
  • Nas portabilidades especiais e extraordinárias.
  • Nas situações específicas de portabilidade por extinção do vínculo do cliente.

Atenção: o plano de destino pode ter coberturas não previstas no plano atual. Neste caso, você poderá cumprir carência para as novas coberturas limitada a 300 dias para parto e 180 dias para as demais coberturas (internação, exames, consultas)

Ainda tem dúvidas?

Veja o material completo sobre portabilidade que preparamos para você. Clique aqui.