>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Como se recompor dos exageros da ceia de Natal

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 05/12/2018 11:19

Dr. Kalil Explica 23. Nov. 2018

São poucos que conseguem se controlar diante de tantas guloseimas natalinas; saiba o que fazer depois

Fim de ano é época de festas, muitos encontros com amigos, família e, claro, da celebração do Natal diante de uma mesa farta. O problema é que no dia seguinte muitas pessoas se arrependem dos excessos gastronômicos cometidos durante o encontro com a família, e se perguntam: o que fazer para reverter o exagero?

De acordo com Paula Hertel, nutricionista do Hospital Sírio-Libanês, fazer jejum, tomar suco detox, só se alimentar de sopa, ou outros radicalismos não são bem vindos. "O recomendado é retomar a alimentação normalmente, já que uma única refeição não é capaz de trazer tantos prejuízos à saúde e à composição corporal", explica.

A variação de peso que acontece logo após uma comilança é principalmente por causa de acúmulo de líquidos, que vão sendo eliminados aos poucos. "Podemos acelerar o processo de eliminação do inchaço aumentando o consumo de água e utilizando chás com efeitos diuréticos, como a cavalinha e o hibisco", diz Paula.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Fígado é inocente

Muitos acham que os alimentos gordurosos do Natal acabaram prejudicando o fígado, por conta daquele mal-estar logo no dia seguinte, mas a nutricionista explica que um fígado saudável tem total capacidade de eliminar as toxinas naturalmente, por isso a importância de cuidar da saúde ao longo do ano todo, investindo principalmente em alimentos de origem vegetal, reduzindo o consumo de toxinas como agrotóxicos, corantes, conservantes, adoçantes, aromatizantes, alimentos refinados, açúcares e bebidas alcoólicas.

Ressaca? Água nela

Beber muita água é fundamental para quem exagerou nas bebidas alcoólicas. "Água de coco também é indicada para hidratação. Além disso, é recomendado consumir alimentos naturais, podendo utilizar chás para reduzir o enjoo, como o de gengibre".

Prepare-se para o ano novo

Paula explica que o "projeto verão" deve acontecer ao longo do ano, já que o período entre o Natal e o ano novo é curto e insuficiente para mudanças na composição corporal. "O ideal é manter uma alimentação saudável no intervalo entre as duas festas, mas isso não costuma acontecer na maioria dos casos", preocupa-se. "As pessoas tendem a manter a alimentação mais calórica até o ano seguinte, exagerando todos os dias. Isso, sim, impacta negativamente na saúde e na composição corporal".

Por isso, controlar a alimentação durante os dois eventos é fundamental, bem como continuar praticando atividade física assiduamente.

Revisão técnica
  • Prof. Dr. Max Grinberg
  • Núcleo de Bioética do Instituto do Coração do HCFMUSP
  • Autor do blog Bioamigo

Fonte: site Coração e Vida, produzido com a curadoria do cardiologista Dr. Roberto Kalil Filho.

Abrir