>

Qualicorp explica

Pesquisar Artigos
  • Atividades aquáticas diferenciadas para sair da rotina

  • Saiba mais.
  • Publicado em: 30/04/2019 16:03

Algumas atividades das salas de aula das academias - como spinning, jump, corrida e até modalidades de dança - migraram para as piscinas, sendo excelentes alternativas para alcançar a boa forma, principalmente em época de muito calor. Além disso, podem servir de tratamento para algumas doenças, como a osteoartrite. Conheça algumas atividades aquáticas diferenciadas e seus benefícios.

Além da natação e hidroginástica: conheça atividades aquáticas diferenciadas

Aquabike - é realizada em cima de uma bicicleta feita em aço inox, que oferece resistência ao movimento de pedalar à medida que aumenta a sua rotação. Geralmente há música para ditar o ritmo e intensidade da aula. Pedalar dentro da água promove perda de peso, pois aumenta a frequência cardíaca, além de trabalhar bem o abdômen, glúteos e pernas.

 
  Ainda não possui um plano de saúde?
Clique e encontre as melhores opções para você.
 

Hidrojump - com uma mini cama elástica dentro da piscina, a pessoa impulsiona o corpo com saltos. Os pulos podem ser coreografados e a intensidade é de média a alta. A queima calórica é até 20% maior que a do jump convencional e a modalidade trabalha o equilíbrio, a coordenação e melhora o sistema cardiorrespiratório.

Deep runner - é a corrida na água, mas ninguém coloca os pés no chão. O exercício simula uma corrida na parte funda da piscina, enquanto o aluno boia sustentado por um colete especial. Trabalha o sistema cardiorrespiratório e a musculatura.

Aqua pole - a versão aquática do pole dance permite que o aluno faça diversos movimentos em suspensão. Trabalha principalmente membros superiores e a força muscular do tronco e abdômen.

Aqua kick boxing - assim como a versão terrestre, a modalidade combina socos e chutes que exigem resistência e coordenação.

Benefícios das atividades aquáticas para a saúde

Os exercícios dentro da água parecem ser mais leves, pois a velocidade dos movimentos é menor dentro da água. Mas, ao mesmo tempo, a resistência é maior, o que permite que os músculos sejam trabalhados com menos impacto nas articulações. Por essa razão, várias atividades aquáticas são recomendadas para pessoas com osteoartrite, lesões musculares, gestantes e idosos. Outros benefícios:

  • Melhora a circulação devido à pressão hidrostática;
  • A temperatura da água acima de 28°C promove relaxamento muscular e diminui dores;
  • A flutuação permite maior amplitude nos movimentos, o que favorece a flexibilidade;
  • Melhora da coordenação motora;
  • Aumento do tônus muscular.

Antes de escolher sua atividade aquática, faça uma avaliação médica para saber se existe alguma restrição e qual tipo de exercício é o mais indicado para você. Além disso, é importante começar aos poucos até pegar o ritmo e respeitar os próprios limites.

Fonte: parceiro Qualicorp.

Abrir